Pular para o conteúdo principal

Componentes da sua empregabilidade

Olá,
Bom  ter você por aqui!
Muito bom avaliar com está sua empregabilidade.
Podemos discutir o conceito de empregabilidade como sendo o quanto o mercado, de uma forma geral, quer você prestando os seus serviços. 

Profissionais com alta empregabilidade, teoricamente, passam pouco tempo fora do mercado, estando constantemente sendo requisitados, convidados e assediados para que venham a fazer parte da equipe interessada.

Vamos propor aqui 2 perguntas básicas para buscamos o entendimento referente à sua empregabilidade:

1. Quantos convites para trabalhar você recebeu no último ano?

2. Caso você seja desligado de sua empresa atual, quanto tempo você imagina que demora para voltar a ocupar uma outra posição no mercado de trabalho?

Aprofunde a avaliação das respostas às perguntas acima, avaliando como está sua visibilidade no mercado de trabalho.

Vamos propor as componentes da empregabilidade:

         Componentes                                   Nosso Controle      Nossa Influência

1/3 - Gestores e empresa                                   Zero                          Sim
1/3 - Mercado e concorrentes                            Zero                          Sim
1/3 - Competências e comportamentos             100%                        100%

Gestores e empresa: Não temos nenhum controle; Podemos sim influenciar entendendo como é/foi construída nossa imagem entre os gestores decisores, e trabalhar para mostrarmos as nossas contribuições nos resultados alcançados;

Mercado e concorrentes: Não temos nenhum controle no mercado e nos concorrentes; Também podemos sim influenciar o mercado aumentado nossa visibilidade profissional, expandindo nosso marketing pessoal além das linhas de atuação da empresa; Qual é a sua visibilidade fora da empresa? 

Competências e comportamentos: A única componente em que o Controle e a Influência está totalmente em nossas mãos, e não podemos deixar espaços. 

Avalie constantemente essas componentes, e desenhe planos para que cada um desses componentes esteja exercitado.

Sucesso!

Floro






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreira interna x Carreira externa

Bom dia! Espero que tudo esteja bem com vocês. Primeiramente quero discutir um pouco a definição desses conceitos: Carreira interna: Como você enxerga sua carreira. A carreira vista por você, de uma forma continuada, como você enxerga sua carreira através do seu retrovisor, como foi seu desenvolvimento e crescimento profissional; Agrega-se aqui suas expectativas de carreira para os próximos anos; Carreira externa: Como a empresa enxerga você, enquanto você faz parte de seu quadro de funcionários; Esta forma de enxergar é momentânea e finita, enquanto fazemos parte da empresa; Quando falamos em planejamento de carreira, minha visão está direcionada para pensarmos em como estamos evoluindo e onde queremos chegar em nossa trajetória, avaliando e enxergando do ponto de vista de nossa carreira interna. É interessante que durante o tempo em que estejamos nas empresa, sob a avaliação e expectativa da empresa, possamos estar alinhados com essess objetivos. Isso passa pela incorporaç

Propulsores da carreira

A primeira pergunta que precisa ser respondida é: Você é a melhor opção para ocupar a função que você deseja? Detalhando um pouco mais, você está preparado/a, nos aspectos técnicos e comportamentais, para ser promovido para a função que você deseja? Você é a referência no assunto? As pessoas que decidem (stakeholders) sabem do seu preparo e dos resultados que você ajudou a construir? Uma auto-avaliação criteriosa é muito importante nesta hora, pois pode fazer com que você identifique seus pontos de destaque e os pontos a serem melhorados, de uma forma bastante profissional. 1.      Quais são as competências e comportamentos que são exigidos para ocupar a função que você deseja? Listar todas as competências e comportamentos e fazer uma auto-avaliação de quais pontos você domina e quais os pontos precisam ser desenvolvidos; Traçar um plano de ação para desenvolvimento destas competências e comportamentos; Aqui chamamos de avaliação e elaboração de um plano

Habilidades e competências que serão tendências em 2030

Olá, Tudo bem com você? Muito bom ter você por aqui no Blogdofloro! Achei muito interessante a abordagem do artigo abaixo, pois ao invés de colocar o foco nas funções ou nas inovações futuras, que não temos a menor chance de prever com certeza, devido à velocidade em que as evoluções tecnológicas acontecem atualmente e, aparentemente, serão renovadas ainda com mais rapidez nas próximas décadas, o foco da pesquisa e análise está nas habilidades que precisaremos desenvolver para estarmos adequados às demandas, cada vez mais exigentes dos clientes e do mercado. Coloco meus comentário, na sequencia e interagindo com o artigo, em azul. Comentário Floro: Também não me preocupo com a data futura em que o artigo se refere, entendo ser alguns anos para frente e, tenho certeza, poderemos sentir os reflexoes muito antes dos 2030. Aproveitem o artigo e as reflexões e deixem seus comentários: Abraços!  Floro Fonte:  Inovações em Educação As habilidades e profiss