Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2012

Como as empresas avaliam um bom candidato

Pessoal,
Muito bom dia! Espero que vocês estejam bem!

Tenho o hábito de anotar as perguntas que os entrevistadores fazem aos nossos clientes, durante as entrevistas de seleção.

A grande preocupação dos/das profissionais é de que eu indique a melhor resposta a ser dada. No início há uma frustração quando eu respondo que posso dar uma sugestão da estruturação da resposta, mas que eu não posso dar a resposta ideal. Depois os/as profissionais entendem o porquê.

Analisando as anotações temos visto alguns assuntos que têm se repetido de uma forma consistente, mais de 80% dos entrevistados tiveram falar sobre os seguintes tópicos:

1. Quais são seus pontos de "melhorias"?
2. Você é um profissional resiliente?
3. Onde (ou como) você imagina estar daqui a 10 anos?

Vamos avaliar o que os "entrevistadores" querem saber quando abordam estes assuntos.

Aproveitem um pouco e imaginem o que é possível obter de informações sobre os entrevstados quando respondem essas perguntas.

Mel…

Head-Hunter

Pessoal,
Boa tarde!
Espero que vocês estejam bem.

Tenho recebido vários contatos de clientes, solicitando um trabalho de head-hunting.

Acho que aqui cabem esclarecimentos práticos:

Head-hunter: adaptado do inglês "caçador de cabeças" voltado para Recursos Humanos, caçador de talentos".

As empresas contratam head-hunters para identificarem, pré-selecionarem, entrevistarem candidatos a participarem de processos para busca de profissionais qualificados no mercado.

Não vejo pessoas físicas contratarem serviços de head-hunting.

Imagino que pessoas (físicas) que tentam buscar um trabalho de head-hunting, querem sim serem apresentados às empresas e a participarem de processos seletivos, o que, definitivamente, não é o caso.

Quando uma empresa contrata os serviços de head-hunting, todos e quaisquer custos decorrentes, em todas as instâncias, a empresa deve arcar com tudo, não deixando nenhum ônus aos candidatos.

Quando falamos de o candiato viajar para ser entrevistado em outra…

A efetividade da rede de relacionamento (networking)

Pessoal, Muito boa tarde! Espero que todos estejam bem!
Semana passada participei de uma palestra na FIA (Fundação Instituto de Administração) reforçando a importância e a efetividade das nossas redes de relacionamento - Networking.
Não cabe aqui falarmos da importância de trabalharmos para construir, continuadamente, nossa rede de relacionamento, o que já é de conhecimento de todos.
Um dos pontos mais abordados durante as discussões desta manhã, foi que, mesmo sabendo da importancia, poucas vezes, ou nenhuma vez, na maioria dos casos, decidimos tomar as iniciativas para que possamos vencer as barreiras do "medo" da exposição ou do "medo" de fazermos coisas diferentes dos nossos hábitos. Hábitos (atividades que realizamos automaticamente, sem pensar) nos bloqueiam e nos mantém dentro dos ambientes de conforto, que insistimos em continuar,  mesmo sabendo que não estamos colaborando para nosso desenvolvimento pessoal e profissional.
Como dizem os nordestinos, com muita pro…