Pular para o conteúdo principal

Nomenclaturas do mercado - 2a Parte

Pessoal,

Muito bom dia!

Tenho recebido muitas dúvidas em relação aos serviços disponibilizados no mercado.
Profissionais se confundem com as diversas nomenclaturas existentes.

Vamos falar aqui da conceituação dos seguintes serviços:

Primeira parte: Head Hunter (Hunting); Recrutamento e seleção; Outplacement; (já disponível no artigo anterior);

Segunda parte: Coaching; Mentoring; Career counseling (aconselhamento de carreira)



Coaching:
Vem do inglês Coach que significa técnico ou treinador (muito usado como o técnico/treinador de esportes), que gerou o termo Coaching que pode ser traduzido como treinando pessoas para obter resultados.

Neste caso, referindo-nos ao esporte, o treinador pode treinar, preparar e orientar o time ou o esportista, para seus objetivos, porém quem joga são os próprios jogadores.

Trazendo esta análise para os programas de Coaching, o Coach prepara o Coachee (pesssoa que está sendo treinada) para que possa ter consistência no desenvolvimento de suas competências técnicas ou comportamentais, necessárias para alcançar os resultados que querem ou precisam alcançar.

Existe a escolha do Coach pelo Coachee, devido à empatia, necessária entre as duas partes. Esta escolha acontece através de entrevistas entre o/a Coachee e alguns Coachs.

Os programas de Coaching normalmente são contratados pelas empresas que querem contribuir no desenvolvimento de competências dos profissionais.
Também é possível que os profissionais contratem, diretamente, programas de Coaching para desenvolver competências que precisam para alcançar seus objetivos.

Os programas de Coaching devem ser finitos, concluidos após o profissional entender que já desenvolveu sua competência. Esses programas têm duração variável entre 6 meses e 12 meses, o que depende da competência e da dedicação do Coachee.

Existe também o Life Coaching, normalmente contratado por pessoas físicas, que decidiram redirecionar suas vidas e querem um Coach para contribuir na definição e acompanhamento desse redirecionamento, no que tange o seu desenvolvimento de competências profissionais e comportamentais.

Neste caso são discutidas todas as competências e comportamentos que serão trabalhados para que esse redirecionamento possa se desenvolver de uma forma mais sistemática, e possa ser acompanhado e medido.
Este tipo de Coaching pode acontecer de uma forma mais continuada, porém o Coach e o/a Coachee devem estabelecer, desde o início os objetivos e o tempo estimado para que deverá durar o programa de Life Coaching.

Mentoring:
Termo vem do inglês mentor, que gerou o termo mentoring, que significa alguém que contribui para que o orientado possa desenvolver outras visões sobre os assuntos de seu interesse.

Esstes programas de Mentoring são mais abrangentes, discutindo-se questões pessoais e profissionais, de acordo com os pontos que o orientado queira discutir.

As contratações desses programas podem acontecer pelas empresas que oferecem esses programas aos seus/suas executivos/as de maior nível, ou os/a próprios/as profissionais contratam diretamente esses programas.

Programas de Mentoring têm uma duração maior, não tendo limites pré-estabelecidos. A duração costuma ser definida pelo Coachee, quando este entende ter atingidos seus objetivos pessoais e profissionais.


Career Counseling (aconselhamento de carreira).
Programas, normalmente contratados por profissionais que decidem buscar uma evolução da sua carreira profissional.

Profissionais que se sentem, por diversas razões, desmotivados/as, sem perspectivas de crescimento e que buscam atividades que possam tarzer mais realizações profissionais.

Entre os principais motivadores dos/as profissionais buscarem este tipo de assessoria, está na dúvida entre a sua permanência ou saída da empresa em que atuam.

O programa de Career counseling é finito, tendo seu tempo definido antes do início do programa e com a indicação, definidos conjuntamente, de todos os assuntos que serão discutidos durante as sessões definidas.

O orientador desses programas precisam incentivar os orientandos a avaliarem, de uma forma técnica e conforme os critérios escolhidos, para que tome as decisões que estejam alinhadas com seus objetivos de longo prazo.

Dentro dos programas de Career counseling, importantes etapas são desenvolvidas, como a avaliação do momento atual do orientado (fotografia de como chegou e como está no momento, seus desconfortos e suas atuais visões de evolução), seus objetivos de longo prazo e o plano de ação com as metas de curto prazo.

Depois de concluido o programa, orientado e orientador definem datas para que aconteçam o acompenhamento das atividades em desenvolvimento.

A operacionalização de todos esses programas - Coaching, Mentoring e Career counseling - podem ser feitos presencialmente ou através de contatos telefônicos, permitindo também que profissionais que não ficam em bases fixas, podem trabalhar em seu desenvolvimento.

Sucesso à todos!

Floro
  

Comentários

GWelter disse…
Olá, Floro!
Muito oportuno o seu esclarecimento. Todas as opções focam no mesmo assunto, variando apenas no grau de abrangência e profundidade.
Abraço,
Giselle

Postagens mais visitadas deste blog

Carreira interna x Carreira externa

Bom dia!
Espero que tudo esteja bem com vocês.

Primeiramente quero discutir um pouco a definição desses conceitos:

Carreira interna: Como você enxerga sua carreira. A carreira vista por você, de uma forma continuada, como você enxerga sua carreira através do seu retrovisor, como foi seu desenvolvimento e crescimento profissional; Agrega-se aqui suas expectativas de carreira para os próximos anos;

Carreira externa: Como a empresa enxerga você, enquanto você faz parte de seu quadro de funcionários; Esta forma de enxergar é momentânea e finita, enquanto fazemos parte da empresa;

Quando falamos em planejamento de carreira, minha visão está direcionada para pensarmos em como estamos evoluindo e onde queremos chegar em nossa trajetória, avaliando e enxergando do ponto de vista de nossa carreira interna.

É interessante que durante o tempo em que estejamos nas empresa, sob a avaliação e expectativa da empresa, possamos estar alinhados com essess objetivos. Isso passa pela incorporação dos obj…

Carreiras promissoras em 2018

5 carreiras promissoras em 2018 Quem quer boas carreiras em 2018 precisa de algo fundamental: ter curiosidade
Comentário Floro: Esta é mais visão interessante de profissões promissoras. Gosto destes estudos pois estamos tendo uma grande quantidade de novas profissões e áreas que estão sendo cada vez mais demandadas. Acho que sempre vale a pena olhar as carreiras promissoras através de diferentes pontos de vista. Aproveitem!   Redação, Administradores.com, 4 de janeiro de 2018, às 13h01

Habilidades e competências que serão tendências em 2030

Olá, Tudo bem com você? Muito bom ter você por aqui no Blogdofloro!
Achei muito interessante a abordagem do artigo abaixo, pois ao invés de colocar o foco nas funções ou nas inovações futuras, que não temos a menor chance de prever com certeza, devido à velocidade em que as evoluções tecnológicas acontecem atualmente e, aparentemente, serão renovadas ainda com mais rapidez nas próximas décadas, o foco da pesquisa e análise está nas habilidades que precisaremos desenvolver para estarmos adequados às demandas, cada vez mais exigentes dos clientes e do mercado.
Coloco meus comentário, na sequencia e interagindo com o artigo, em azul.

Comentário Floro: Também não me preocupo com a data futura em que o artigo se refere, entendo ser alguns anos para frente e, tenho certeza, poderemos sentir os reflexoes muito antes dos 2030.
Aproveitem o artigo e as reflexões e deixem seus comentários:
Abraços! 
Floro

Fonte: Inovações em Educação
As habilidades e profissões que serão tendência em 2030
Estudo feito pel…