Pular para o conteúdo principal

Profissões do futuro

Pessoal,
Muito boa tarde!
Espero que vocês estejam muito bem.

Guilherme Françoso, depois de assistir a uma palestra de profissionais que pesquisam as carreiras do futuro, nos mapresenta um resumo com os enfoques referentes ao que o mercado estará buscando e dará uma ênfase maior nos próximos anos.

Vejam a matéria abaixo, e estarei comentando os pontos mencionados:

Aproveitem:

Profissões do futuro: você sabe quais serão?


novembro 18th, 2011
By Guilherme Françoso

Na última quinta-feira, dia 10/11, estive na Câmara Americana de Comércio de São Paulo – AMCHAM – para ouvir um professor e dois profissionais de recursos humanos falarem sobre as profissões do futuro e o seu impacto no dia a dia das universidades e das empresas.

O Prof. Dr. James Wright da USP iniciou apresentando os resultados de uma pesquisa junto a 112 altos executivos no País, conduzida pela consultoria Profuturo (Programa de Estudos do Futuro) da Fundação Instituto de Administração (FIA) e reforçada por diversas outras sondagens informais.

Comentário Floro:
Prof. Dr. James Wright é coordenador dos cursos de negócios da FIA;

Segundo esse estudo as principais profissões do futuro no Brasil estarão ligadas às áreas de sustentabilidade, inovação, comércio internacional e qualidade de vida, sendo as seguintes carreiras com maiores oportunidades nos próximos anos:

Comentário Floro:
Sustentabilidade (Financeiro: Lucro; Social: Gerar emprego na região; Ambiente: Respeitar e cuidar do meio ambiente); Inovação: Acompanhar a demanda crescente dos clientes;

• Gerente de Eco-relações: com a função de comunicar e trabalhar com consumidores, grupos ambientais e agências governamentais para desenvolver e maximizar programas ecológicos – 72% dos respondentes

Comentário Floro:
Devido ao aumento de conscientização dos clientes/cidadãos, será muito considerado, pelos consumidores que as empresas mostrem suas atuações dentro da sustentabilidade e da responsabilidade social. Este fator já começou a pesar nas decisões de compra dos consumidores e tende a aumentar muito mais nos próximos anos.

• Chief Innovation Officer: com a responsabilidade de interação com diferentes áreas da organização para pesquisar, projetar e aplicar inovações – 67% dos respondentes

Comentário Floro:
Inovações no sentido de novidades, aplicações de novas tecnologias, novos e mais econômicos processos, aculturamento dos clientes na utilização das novas tecnologias. 

• Gerente de Marketing e-Commerce: com o objetivo de desenvolver e implementar estratégias web para vender produtos e serviços – 46% dos respondentes

Comentário Floro:
A TV digital, além da qualidade da imagem e som, traz a interatividade, onde será possível, com um simples click, acessar as lojas que vendem, por exemplo, um relógio que estiver sendo usado por um "ator/atriz" e, no dia seguinte, você já poderá estar usando o seu relógio, tendo recebido-o em sua casa. Esta nova fase vai demandar uma nova forma de fazer marketing, muito difrente da maneira que é feito hoje.

• Conselheiro de Aposentadoria: profissional responsável por ajudar a planejar a aposentadoria – 39% dos respondentes

Comentário Floro:
Nossa população está envelhecendo. As pesquisas mais atuais de longevidade, nos mostram que a vida média está subindo para 85 anos em pouquíssimos anos. A preparação para a aposentadoria estará sendo vista com todo o cuidado, pelas empresas para assessorar seus funcionários sobre as decisões das alternativas possíveis para continuar as atividades profissionais (remuneradas ou não) e pelas pessoas físicas preparando-se para encontrar atividades que possa trazer muitas realizações. Temos clientes que com idades de 30 a 35 anos que já começaram a buscar informações financeiras e as preparações sobre quais atividades tem interesse em continuar a fazer depois da aposentadoria corporativa.

• Coordenador de Desenvolvimento da Força de Trabalho e Educação Continuada: responsável por gerenciar programas para ajudar funcionários a atingirem níveis avançados em suas áreas de especialização – 35% dos respondentes

Comentário Floro:
Dentro dos estudos voltados para a atração e retenção dos profissionais para a empresa, um dos motivos que mais traz realizações aos/as profissionais, está em serem desafiados e identificarem que suas atividades permitem que tornem-se melhores profissionais. Isso está diretamente ligado a capacitação e desenvolvimento dos profissionais, em todos os níveis.

• Bio-informationists: com a função de trabalhar com informações genéticas, servindo como uma ponte para cientistas que atuam no desenvolvimento de medicamentos e técnicas clínicas – 34% dos respondentes

Comentário Floro:
Maior preocupação com a saúde, onde as pessoas buscam mais informações e mais medicamentos que permitem melhorar a qualidade de vida, permitindo um envelhecimento, ou passagem para uma 3a idade mais saudável, permitindo um melhor aproveitamento desta fase.

• Técnico em Telemedicina: especializado em oferecer diagnóstico médico para pessoas em áreas remotas – 34% dos respondentes

Comentário Floro:
Mesma vertente do ponto anterior, voltados para a qualidade de vida de pessoas que residem em áreas que não permitem acesso aos diagnósticos disponíveis nas cidades mais desenvolvidas.

A pesquisa da Profuturo identificou ainda as carreiras tradicionais que serão mais demandadas: Engenharia Ambiental, Engenharia de Alimentos, Engenharia de Computação, Relações Internacionais, Turismo, Farmácia, Bioquímica e Administração de Empresas.

Comentário Floro:
Além da preocupação maior com o ambiente e com a saúde, que incentivam e requisitam muito da engenharia ambiental e Engenharia de alimentos, estas profissões estarão buscando esses profissionais com formação e experiência específicas para as áreas em que atuam, que também precisam de todos os profissionais que sustentam as empresas, mantendo e necessitando de todas as formações profissionais, como advogados, administradores de empresas, recursos humanos, financeiros, gestores de projetos (cada dia mais demandados), gestores, contadores, manutenção, treinamento, e mais uma infinidade de formações que temos hoje e continuarão a ser demandadas.
É muito bom ficarmos antenados e avaliarmos se nossa atual profissão vai sobreviver em um prazo de 5 ou 10 anos. Caso sua função possa vir a ser incorporada por outra, ou possa vir a ser eliminada, prepare-se para obter qualificação para atuar em outras áreas.

Alessandro Vay, Gerente de Recursos Humanos da Samsung, apresentou a carreira de Product Marketing como uma das mais promissoras para o futuro da empresa. Basicamente trata-se de um cargo da área de Marketing onde o profissional trabalha com desenvolvimento de produtos. Para os aspirantes a esse cargo não pode faltar espírito investigativo para entender o que o cliente final deseja, não se esquecendo da funcionalidade do produto para o dia a dia – pré requisito para qualquer produto da Samsung. “Será necessário desenvolver produtos e serviços que façam parte das vidas das pessoas. Para isso, serão fundamentais profissionais conectados com idéias”.

Comentário Floro:
Para as empresas fabricantes de produtos de tecnologia, estar conectado com idéias e com as necessidades e aspirações dos consumidores será essencial, avaliando também a convergência, aumentando as facilidades e funcionalidades dos novos aparelhos.

Outras carreiras citadas por Alessandro são ligadas a sustentabilidade e compliance (ações para conformidade com leis e regulamentações).

Comentário Floro:
Governança corporativa, onde a transparência será exigida pelos consumidores, da mesma forma onde a resonsabilidade social já exerce às empresas uma forte pressão vinda do mercado consumidor.

A Google para se preparar para o futuro antecipa a busca de profissionais em escolas de ensino médio. Segundo Monica Santos, head de Recursos Humanos da Google na América Latina, é fundamental que se estimulem os jovens para que escolham carreiras promissoras, onde haverá vagas de emprego, como por exemplo, engenharia de software.

Comentário Floro:
Com a convergência, as integrações entre produtos e aplicações, demandam uma inteligência onde a engenharia de software permite um trabalho de aproveitamento das funcionalidades exiestentes para que os produtos, em números menores, possam oferecer os mesmos aplicativos.

Atualmente, a Google no Brasil, conta com uma parceira, a Universidade Federal de Minas Gerais, visando criar um pólo de desenvolvimento de software. Além disso, investe em treinamentos, incluindo a preparação de profissionais para atuarem em funções que ainda não contam com cursos formais.

Comentário Floro:
As empresas estão se aproximando das universidades para o desenvolvimentos de cursos e conteúdos que possam preparar os/as profissionais para mercados cada vez mais específicos. Esta parceria tende a aumentar devido à velocidade em que as tecnologias estão sendo desenvolvidas e suas aplicações ficam obsoletas da noite para o dia.

Fique atento e acompanhe as mudanças que chegam de uma forma desenfreada. Esteja receptivo às mudanças, novas tecnologias, novas formas de trabalho, processos e atividades.

A gestão de carreira está em entender qual caminho seguir, sabendo que novas mudanças estarão exigindo uma preparação e atualização constante, inclusive prepara-se para outras atividades que continuem a trazer realização pessoal e profissional.

Grande abraço!

Floro
__________________________________________________________________

Andresa Cazarine Mendes

Bacharel em Psicologia pela PUC-SP, especializada em Administração de Empresas pela mesma instituição. Iniciou sua carreira profissional na área de recrutamento e seleção na empresa Natura Cosméticos. Atua de forma generalista na área de recursos humanos há 11 anos trabalhando em empresas de diferentes segmentos, tais como: cosmético, farmacêutico, TI, serviços e logística. Atualmente é Gerente de Desenvolvimento de Pessoas na Proativa RH

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Carreira interna x Carreira externa

Bom dia!
Espero que tudo esteja bem com vocês.

Primeiramente quero discutir um pouco a definição desses conceitos:

Carreira interna: Como você enxerga sua carreira. A carreira vista por você, de uma forma continuada, como você enxerga sua carreira através do seu retrovisor, como foi seu desenvolvimento e crescimento profissional; Agrega-se aqui suas expectativas de carreira para os próximos anos;

Carreira externa: Como a empresa enxerga você, enquanto você faz parte de seu quadro de funcionários; Esta forma de enxergar é momentânea e finita, enquanto fazemos parte da empresa;

Quando falamos em planejamento de carreira, minha visão está direcionada para pensarmos em como estamos evoluindo e onde queremos chegar em nossa trajetória, avaliando e enxergando do ponto de vista de nossa carreira interna.

É interessante que durante o tempo em que estejamos nas empresa, sob a avaliação e expectativa da empresa, possamos estar alinhados com essess objetivos. Isso passa pela incorporação dos obj…

Carreiras promissoras em 2018

5 carreiras promissoras em 2018 Quem quer boas carreiras em 2018 precisa de algo fundamental: ter curiosidade
Comentário Floro: Esta é mais visão interessante de profissões promissoras. Gosto destes estudos pois estamos tendo uma grande quantidade de novas profissões e áreas que estão sendo cada vez mais demandadas. Acho que sempre vale a pena olhar as carreiras promissoras através de diferentes pontos de vista. Aproveitem!   Redação, Administradores.com, 4 de janeiro de 2018, às 13h01

Habilidades e competências que serão tendências em 2030

Olá, Tudo bem com você? Muito bom ter você por aqui no Blogdofloro!
Achei muito interessante a abordagem do artigo abaixo, pois ao invés de colocar o foco nas funções ou nas inovações futuras, que não temos a menor chance de prever com certeza, devido à velocidade em que as evoluções tecnológicas acontecem atualmente e, aparentemente, serão renovadas ainda com mais rapidez nas próximas décadas, o foco da pesquisa e análise está nas habilidades que precisaremos desenvolver para estarmos adequados às demandas, cada vez mais exigentes dos clientes e do mercado.
Coloco meus comentário, na sequencia e interagindo com o artigo, em azul.

Comentário Floro: Também não me preocupo com a data futura em que o artigo se refere, entendo ser alguns anos para frente e, tenho certeza, poderemos sentir os reflexoes muito antes dos 2030.
Aproveitem o artigo e as reflexões e deixem seus comentários:
Abraços! 
Floro

Fonte: Inovações em Educação
As habilidades e profissões que serão tendência em 2030
Estudo feito pel…